segunda-feira, 8 de junho de 2015

Resenha - Um Conto sombrio dos Grimm





Um conto Sombrio dos Grimm 
A verdadeira história de João e MariaAutor: Adam Gidwitz
Numero de Páginas:270 páginas
Editora:  Galera Record (Galera Junior)


Um Conto Sombrio dos Grimm - João e Maria perambulam por oito fábulas e acabam provocando muitas risadas... e um pouquinho de choro também! João e Maria fugindo da própria história? Mas o que pode ter acontecido? Seus pais eram reis!! Os meninos tinham tudo que desejassem... não? Humm. Talvez a história não seja bem assim. Mas, então, qual a verdade? Descubra, acompanhando João e Maria em oito fábulas horripilantes. Em meio a muita aventura, os irmãos se deparam com bruxas, magos, caçadores com uma mira infernal, padeiros com fornos perfeitos para assar crianças... Tudo isso pode ser muito assustador, mas, diferente de outros contos de fada, é TUDO verdade! Ou, pelo menos, o mais próximo do que os próprios Grimm imaginaram. • O livro foi considerado melhor livro do ano pela Publishers Weekly e foi escolha do editor pelo New York Times. • Um conto sombrio dos Grimm também recebeu resenhas positivas da Publishers Weekly e do School Library Journal. • “Um audacioso livro de estreia que é tão inteligente como engraçado” – Publishers Weekly 
Estamos enchendo o blog de leitura infantil! AHAHAH E eu sinceramente acho isso demais! Queria poder regredir alguns anos e voltar a ser criança, mas já que não rola, a gente pega esses livrinhos para matar um pouco as saudades! Esse livro é uma versão um pouquinho mais madura do conto de João e Maria dos Grimm. 


O grande diferencial desse livro é que o autor decidiu que não queria aumentar um pouquinho a história dos irmãos, ele decidiu revolucionar a história! HAHA Então tudo que você costumava saber a respeito do conto original pode ser esquecido, pois foi criado todo um novo contexto e enredo mantendo apenas algumas coisas básicas da história que todos conhecemos.
Em Um Conto Sombrio dos Grimm, Adam Gidwitz coloca as crianças no centro de uma trama divertida e sombria fazendo com que as crianças atravessem pelo menos oito outros contos dos Irmão Grimm. Ele teceu uma colcha com retalhos de contos menos conhecidos e incluiu João e Maria neles. A história começa contextualizando aquele universo em que o livro se passa. Os irmão são filhos de um rei, então são príncipe e princesa, e depois de passarem por algo horrível que eu não vou contar por que vocês precisam ler o livro para saber eles decidem fugir de casa por medo que algo do tipo se repita. É a partir daí que a história se desenrola, com os irmão fugindo e assim entrando nas histórias alheias. 
A narrativa é toda em terceira pessoa e o interlocutor, aquele que nos conta a história está sempre interagindo conosco. Ele nos faz perguntas e dá avisos! Eu acho isso muito divertido pois acabamos criando uma ligação com o livro.
"Não há nenhuma criança pequena por perto, certo? Vocês tem certeza? Tá bom..."
Ao longo do livro nós vemos muitas frases como essa, o narrador vai nos dando aviso, prepara o leitor para uma cena "chocante", onde pode haver sangue ou algum ataque. Só que obviamente essa parte sombria do livro é bem engraçada, e não é nada que vá causar pesadelos a noite! Por ser um livro júnior, talvez alguns leitores mais maduros achem essa parte um pouco sem graça, já que rola todo um mistério e quando de fato acontece algo não é uma coisa tão horrível (para nós adulto obviamente.). Mas para os pequenos funciona muito bem, não é algo que vá deixar a criança sem dormir, mas é alguma coisa que vai render um gritinho, um pulinho. Adorei a maneira como o "terror" foi colocado no livro, pois foi muito medido e consciente para o publico do mesmo.




Como todos os livros da Galera, esse também é todo caprichado, as folhas são grossinhas e porosas, gostosas de pegar, a diagramação é perfeita e ilustrações lindas se encontram nos inícios de capítulos. Esse é o tipo de coisa que me faz ter mais gosto na leitura, então obrigada editora por serem tão atenciosos!
Além disso também sempre que o interlocutor fala com o leitor ou dá algum aviso, sua fala é transcrita em negrito para ficar bem claro que aquilo não faz parte da narrativa. E isso flui bastante, algumas quebras de pagina estão presentes, e acredito que isso ajuda na leitura das crianças, pois mesmo sendo esse um livro com um numero considerável de paginas ele possui uma letra grandinha e essas quebras de pagina que acalmam a leitura e a tornam leve.


Pela resenha vocês já perceberam que eu adorei esse livro né? Fazer o que? Sou uma tia da biblioteca e tenho um fraco por infantis! HAHA Adorei a nova roupagem que o autor deu para a história. Acho isso ótimo pois estimula a criatividade da criança. Além de tudo que já disse achei bastante interessante as morais que o livro passa, pois são interessantes para a fase infantil do crescimento! Então se você gosta de infantis, ou gostaria de dar um presentinho para o irmão, primo, filho, sobrinho, etc, super indico! Eles vão adorar. E você também! rs

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Não é só vc que tem fraco por infantis não ;w; gente to apaixonada por esse livro. parece ser mt fofo mesmo!
    tá na minha lista de leitura desde que saiu o lançamento, espero ler em breve.
    adorei a sua opinião! Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir

 
Livrologias, por Camila Teixeira © 2015
Design e desenvolvimento por Chave Criativa