quinta-feira, 30 de julho de 2015

Resenha- Para onde vai o Amor?


Para onde vai o Amor?
Autor: Fabrício Carpinejar
Numero de Páginas: 176
Editora: Bertrand Brasil


Para Onde Vai O Amor? - O amor não é uma propriedade de quem sente, é uma transferência total para quem é amado Você que está vendo este livro com dúvida se precisa dele, você não precisa dele, precisa de si, vive caçando uma palavra que confirme o que deseja, está atrás de um escritor que possa lhe recomendar de volta para quem brigou, com capacidade de explicar o que sente e traduzir seus tormentos. Mas já sabe o que deseja, não há como convencer do contrário, os amigos mostraram que seu relacionamento não tem futuro. Não acredita neles, acredita somente no milagre. E como justificar um milagre, ainda mais para quem não tem mais fé? Eu entendo o que está passando: sua raiva, sua amargura, seu cinismo, seu desencanto. Percebeu que a razão não conforta, que a vingança ou o perdão não ressuscita a tranquilidade, que o fundo do poço nunca se equivale ao nosso fundo. Você parece normal, mas todo mundo deixa de ser normal quando se apaixona e se separa. Se sua expectativa é por uma solução, eu guardo apenas uma certeza que trará alívio mais adiante: você não vai desistir. Quando diz que acabou a relação, é que está procurando um outro jeito de recomeçar. Em seu novo livro de crônicas, Carpinejar apresenta 42 textos que sobre amor, desilusão amorosa, casamento, divórcio, saudade e outros sentimentos que compõem os relacionamentos. • Novo livro de crônicas do autor gaúcho. • Décimo sexto livro do autor publicado pela Bertrand Brasil — oitavo de crônicas.
Oi, meus amores! Que saudade! Como vocês estão? Espero que tudo numa boa. Hoje, venho apresentar à vocês o Lançamento do poeta e escritor Fabrício Carpinejar, publicado pelo selo Bertrand Brasil, do Grupo Editorial Record. 
Em ''Para onde vai o Amor?'', Carpinejar nos apresenta os diversos lados do amor, esse sentimento que é sujeito ora a vendas, ora aos mais altos gritos de socorro. 


Numa reunião de reflexões e crônicas, o livro nos mostra uma realidade pouco conhecida nos dias atuais: a do amor.
Diferente dos romances publicados recentemente, ''Para onde vai o amor?'' é uma junção de todos os sentimentos ignorados, mas que são peças importantíssimas para a construção de uma relação fidedigna e, acima de tudo, imperfeita. Somos convidados a conhecer sensações. Sensações essas que são despertadas pelo amor. Pelo sentir, pelo tocar. Contudo, somos também lembrados dos momentos de fúria, das festas que findam e da bagunça de pratos e copos descartáveis que foram deixados pelos convidados. 



A leitura se torna densa quando somos colocados frente a frente com sentimentos até então desconhecidos, já que o autor não nos entrega de bandeja um final feliz. É um livro real, que nos traz de uma lembrança de paixão adolescente ao puro e verdadeiro amor. E, apesar de curto, requer sensibilidade e nudez da alma.
Um dos textos que mais me tocaram tem como título ''Só é fútil quem não ama'' e fala da utilidade. Do quanto o amor é ser útil, é querer ser útil. Estar sempre necessitado de descarregar sua utilidade em quem ama. Carpinejar o finaliza dessa forma:
''Quero que você me queira sempre, acima de tudo. Porque só posso ser útil para quem me quer'' 
Os textos do livro são verdadeiras caixinhas de surpresa. Ao finalizar um, pensava que não teria a oportunidade de ler outro tão completo e maravilhoso quanto ao que acabara de ler, mas sempre que dava início a uma nova crônica me surpreendia com tamanha propriedade e beleza com que Carpinejar formula seus escritos.


A diagramação é excelente! Em algumas páginas, temos contato com a própria letra do autor, o que dá ao livro um ar todo especial e romântico. 
Esse foi com toda a certeza um dos melhores livros de 2015! Tocante, poético, original e profundo. Entrou para a lista dos meus preferidos e, sem dúvida alguma, pretendo ler e conhecer mais do autor, que me encantou já nas primeiras linhas de sua mais recente publicação. 
Espero que assim como eu, vocês leiam e se apaixonem pela profundidade das palavras de Carpinejar. Mil beijos! 


Comente com o Facebook:

23 comentários:

  1. Gostei da resenha , mas no momento eu não compraria o livro, porém no futuro pretendo ler. Amei a capa! <3 http://luxuosoestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii, Carpinejar é foda(desculpa o palavrão), escreve super bem, tenho alguns livros dele aqui e recebi esse semana passada e não vejo a hora de lê-lo logo.

    Amei a sua resenha e fico bem feliz que tenha curtido a escrita desse carinha que tem uma cara de louco e manda super bem,adoru demais.

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Isabella, eu não sou muito de ler crônicas, mas os boatos sobre esse livro estão tão amor que estou muito tentada por ele.
    Quero muito ler esse livro, acho que ele te prende de uma maneira incrível.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não tinha tanto interesse nesse livro, mas ouvir você falar o quão incríveis são as crônicas e que esse foi o melhor livro lido até agora em 2015, fiquei interessada em conhecer mais essa obra e o autor.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  5. OI Isabella, desde que vi o Guilherme falando sobre o livro fiquei interessada, e só ando vendo resenhas positivas, com certeza vou dar uma oportunidade e conhecer esta bela obra!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  6. Oi! Ouço a Lele Tapias sempre falando desse autor, ela ama. Particularmente nunca li e espero ter a oportunidade um dia.
    Fiquei até tentando ampliar suas fotos para ler melhor!
    Um dia pretendo ler livros desse autor.
    Beijo
    Mila-Scraplivros

    ResponderExcluir
  7. Olá Isa, não gosto muito de livro de crônicas, então este não seria para mim, mas mesmo assim fico feliz que tenha gostado. Tentarei ter algum contato com o autor por meio de outro livro que me agrade mais!
    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá
    eu já vi varias resenhas sobre esse livro e quase todas deram nota máxima para ele, mas não sei por que eu não fui muito com a cara desse livro, mas em contrapartida eu adorie esse projeto gráfico da capa, esta uma fofura
    Bjks
    Passa Lá - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Não sou muito chegada a crônicas, mas ouço tantos elogios ao autor que fico curiosa.
    Anotei aqui para ler futuramente!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Adorei a ideia do livro e a capa é lindíssima. Não conhecia a obra ainda, mas quero muito ter a oportunidade de lê-la.

    ResponderExcluir
  11. Estou numa vibe de livros sobre o amor esses tempos. Só esperando o meu exemplar chegar, e a sua resenha me deixou mais ansiosa ainda. huahauhah

    ResponderExcluir
  12. Que livro fofo! Sua resenha ficou ótima, me deixou bem empolgada com a leitura. Só ouço elogios sobre esse livro, deve ser maravilhoso mesmo. Provavelmente será o meu primeiro contato com o autor :D
    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Eu costumava ler Carpinejar no jornal Zero Hora, mas já tem um tempo que parei. Gosto da forma como ele escreve. Tem um linguagem acessível. Só que eu não tenho nenhum livro dele. Esse parece ser bem interessante. A temático do amor é sempre muito convidativa. Também gostei muito da forma como você escreveu a resenha. Parabéns.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Não sou muito chagada a crônicas e o livro tem uma temática que não me interessa muito!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  15. Amo a escrita de Carpinejar e estou ansiosa pra fazer essa leitura <3

    ResponderExcluir
  16. Olá; ainda não tinha lido nada do autor e fiquei super contente quando recebi esse livro, espero que ele seja tão bonito no conteúdo quanto é por fora. Pela sua resenha, parece que é!

    ResponderExcluir
  17. Oláá! Que capa linda. E amei sua resenha. Falar sobre o amor não deve ser nada fácil, ein?! hehe
    Fiquei curiosa. Vou colocar ele na minha lista de leitura!

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu já li alguns livros do Carpinejar e gostei bastante, por isso quando fiquei sabendo desse lançamento fiquei bem animada e pela sua resenha é um livro lindo que vale a pena conhecer.

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Confesso que não dava muita coisa pelo livro até ver o update da maratona do Victor sobre esse livro e já quero! Estou num momento meio complicado da minha vida e acredito que esse livro cairia como um luva.

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá, acompanho o trabalho do Fabrício há algum tempo, pelo twitter principalmente e em alguns programas de tv, mas nunca tive o privilégio de ler nada. Quem sabe essa seja uma oportunidade de eu adquirir algo do seu trabalho. Ótima dica!!! Bjs

    ResponderExcluir
  21. Oie, eu n conhecia o autor e n acho que fiquei muito curiosa para ler esse livro, haha ^^
    www.guildadosleitores.com

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bem?

    Meu gosto literário mudo MUITO atualmente, e de muita ficção cient. comecei a ler mais romances mais introspectivos, como esse me parece ser.

    Achei que a ideia de misturar contos, contos e etc muito bacana, e acho que deve ajudar no ritmo da estória.

    João Pedroso,
    Lá na Minha Estante

    ResponderExcluir
  23. Eu e o Carpinejar não nos damos bem, eu tento um relacionamento mas ele insiste em me frustrar. Recebi esse mesmo livro mas ainda não comecei a ler. A sua resenha me deu um animo novo em tentar, espero encontrar contos curtos completos e complexos. Pq oq é o amor além de um emaranhado complexo?
    Linda resenha

    ResponderExcluir

 
Livrologias, por Camila Teixeira © 2015
Design e desenvolvimento por Chave Criativa