13 Livros de Dostoiévski para Refletir sobre a Humanidade

Reuni nessa lista os melhores e mais interessantes livros de Dostoiévski que já li ou me foram recomendados pelos leitores aqui do blog. Quem conhece o autor sabe que ele é realmente genial. É considerado um dos maiores pensadores e romancistas de todos os tempos.

Atrevo-me a dizer que a Rússia trouxe ao mundo um escritor sem precedentes, capaz de descrever o homem por aquilo que ele realmente é. Fiódor consegue criar personagens comuns sem deixarem de ser interessantes. Além disso, suas obras trazem profundas reflexões sociais e morais, tornando-se um prato cheio para pensadores e amantes da literatura.

Lista dos 13 Melhores Contos e Livros de Dostoiévski 

Nem me atrevo a escrever os títulos originais em russo aqui; por isso, optei por colocá-los em inglês. São uma reunião de livros e contos desse autor russo genial chamado Fiódor Dostoiévski. Espero que gostem.

13 – Gente Pobre (Poor Folk)

Gente pobre - Primeiros livros de Dostoiévski

Não há nada mais apropriado para iniciar nossa lista de melhores livros de Dostoiévski do que seu primeiro romance: Gente Pobre, escrito na forma de uma narrativa epistolar, espécie de obra onde os personagens desenvolvem a história por meio de cartas trocadas entre eles. 

Nesse trabalho de estréia, Fiódor já conseguia mostrar aos leitores que não estava de brincadeira. O enredo gira em torno de Makar Diévuchkin, um funcionário de baixo escalão do governo perto de se aposentar, e sua vizinha Varvara Alieksiêievna, uma moça pobre que passa por muitas dificuldades.

Os dois estabelecem por correspondência um relacionamento peculiar, mas são muito pobres para se casarem. Apesar disso, Makar faz de tudo para cuidar da moça, levando-o a uma busca tortuosa por dinheiro. À medida que percebemos sua miséria, vamos ficando cada vez mais tristes com a situação. O que para nós seriam pequenas coisas, talvez até insignificantes, para eles são motivo de grande alegria e exaltação.

Comprar livro:

Comprar o livro

12 – O Eterno Marido (The Eternal Husband)

O Eterno marido - Capa

O Eterno marido, lançado inicialmente em 1870, é uma das histórias de romance de Fiódor Dostoiévski mais emblemáticas. Destaca como o espírito humano pode ser fraco em determinadas situações. E como quase todos os livros de Dostoiévski são ótimos, esse não poderia ser diferente.

O enredo retrata o encontro de duas pessoas que estão entrelaçadas por um fato peculiar: ambos estavam envolvidos com a mesma mulher. Certa noite, um homem abre a porta e encontra o marido de sua falecida amante esperando do lado de fora. No entanto, ele ainda não sabe seu “caso” era do conhecimento do marido.

Diante disso, um diálogo filosófico e intelectual se abre perante os dois, que farão conclusões inimagináveis, enquanto são acometidos por estranhas e violentas emoções. Precisa de mais alguma coisa nessa história para que ela se torne, no mínimo, curiosa? Vale a pena conferir.

Comprar livro:

Comprar o livro

11 – Noites Brancas (White Nights)

Livros de Fiódor Dostoiévski - Noites Brancas

Noites Brancas foi publicado em 1848 e é um dos melhores contos de Fiódor Dostoiévski. Com suas quase 100 páginas, a obra é uma ótima maneira de provar o gostinho da literatura do autor.

Situado em St. Petersburg durante suas longas noites de verão, em que o sol passa praticamente sem se pôr, esta é a história de um jovem lutando contra sua inquietação interior. Uma narrativa leve e terna, mergulhada no tormento e na culpa do amor não correspondido. Ambos os protagonistas sofrem de um profundo sentimento de alienação que inicialmente os une. Com uma mistura de romantismo e realismo, a história apela suavemente aos sentidos e sentimentos.

A obra versa sobre um sonhador tímido que raramente deixa sua solidão de lado, mas que possuí uma imaginação incrivelmente vívida. Um dia, ele conhece uma garota do “mundo real”, cuja vida é bem parecida com a dele. Eles se tornam grandes amigos, mas o que se segue depois disso vai tirar seu fôlego…

Comprar livro:

Comprar o livro

10 – Diário do Subsolo (Notes from Underground)

Diário do subsolo - melhores livros de Dostoiévski

Diário do Subsolo, também traduzido como Notas do Subsolo ou Memórias do Subsolo, é um livro de Dostoiévski publicado em 1864 e considerado por muitos como o primeiro romance existencialista. 

O personagem principal da obra é um homem do subsolo, um homem que a sociedade descartou. Marginalizado e socialmente rejeitado, ele vive sua vida com raiva, procurando se vingar de tudo e todos pelo que fizeram com ele. 

Ele representa um perigo não só para os outros, mas também para si mesmo. Neste trabalho de pouco menos de 150 páginas, o autor, com sua grande genialidade, mostra um homem em conflito com seu próprio conceito de moralidade.

Esse é um livro para refletir sobre o que os padrões morais podem fazer com uma pessoa, aprisionando-a no subsolo da alma.

Comprar livro:

Comprar o livro

9 – Diário de um Escritor (A Writer’s Diary)

Melhores livros de Dostoiévski - Diário de um Escritor

Se você não gosta de leituras muito densas e complicadas, Diário de um Escritor entra nessa lista dos melhores livros de Dostoiévski para te agradar. É um compilado de diversos textos produzido pelo autor ao longo de 8 anos, escrito para revistas e periódicos.

O formato radical do Diário era acompanhado pela extensão extrema de seu conteúdo. Em um único quadro, incorporou uma surpreendente variedade de materiais: contos; esboços humorísticos; relatórios sobre crimes sensacionais; previsões históricas; retratos de pessoas famosas; peças autobiográficas; e planos para histórias, algumas das quais nunca foram escritas enquanto outras apareceram mais tarde no próprio Diário.

Uma gama de vozes e posturas autoral e narrativa e um elaborado esquema de alusões e referências cruzadas preservam e apresentam a concepção de Dostoiévski de sua obra como um todo literário.

Comprar livro:

Comprar o livro

8 – O Sonho de um Homem Ridículo (The Dream of a Ridiculous Man)

Duas narrativas Fantásticas - melhores livros de Dostoiévski

Não posso dizer que O Sonho de um Homem Ridículo entraria para a lista de melhores livros de Dostoiévski… pois não é exatamente um livro. Mas com certeza entra para a lista dos melhores contos. Não é uma história grande; no entanto, é carregada de emoção.

A narrativa é contada pelo próprio protagonista, que, cansado da própria vida, decide que não há nada de valioso no mundo. Pensa, então, em cometer suicídio.

Mas adormece na poltrona com a arma ainda carregada ao seu lado. O que acontece daí em diante é um dos sonhos mais extraordinário da literatura, durante o qual o renomado autor anuncia a possibilidade de uma vida utópica em outro planeta antes de seus habitantes serem contaminados pelo veneno da autoconsciência.

O bom dessa edição (Duas Narrativas Fantásticas) é que, além da história do O Sonho de um Homem Ridículo, ela compreende também uma outra chamada A dócil ou Uma Criatura Dócil. Esse último diz respeito a um homem que tenta, de qualquer maneira, descobrir por que sua mulher o abandonou, suicidando-se.

Acredito que valha ainda mais a pena.

Comprar livro:

Comprar o livro

7 – Humilhados e Ofendidos (The Insulted and Humiliated)

Humilhados e Ofendidos de Fiódor Dostoiévski

Esse título foi publicado pouco depois do exílio do nosso querido autor. Enquanto os livros de romance no final de sua carreira eram carregados com uma preocupação a respeito dos impulsos psicológicos inconscientes e seus efeitos externos na vida dos personagens (característica marcante dos livros de Fiódor Dostoiévski), Humilhados e Ofendidos apresenta isso de uma maneira mais branda. Consegue inserir isso tudo no meio do cotidiano dos personagens.

Na Rússia dos czares, o costume dita as regras do amor. Por isso, cinco jovens terão que lutar muito se quiserem formar um polígono amoroso.

De certa forma, a história é, mais ou menos, autobiográfica e é contada do ponto de vista de Vânia, uma escritora jovem que está lutando para conseguir uma boa vida no século XIX. O romance, com seus inúmeros detalhes, dá vida a São Petersburgo.

Nessa obra, assim como em outros trabalhos do escritor, as pessoas são de carne e sangue. Compostas tanto de bem como de mal. É uma ótima leitura para quem procura iniciar-se na literatura de Dostoiévski.

Comprar livro ou Ler de Graça com Kindle Unlimited:

Comprar o livro

6 – Memória da Casa dos Mortos (The House of the Dead)

Memoria da casa dos mortos

 

Fiódor, quando era jovem, foi acusado de subversão política e sentenciado a trabalhos forçados na Sibéria por 4 anos. Dessa horrível experiência, ele constrói uma história (quase uma autobiografia) de um homem condenado a dez anos de servidão nesses mesmos campos siberianos por ter matado sua esposa.

Assim como os inúmeros outros livros de Dostoiévski, esse trabalho é brilhante ao explorar os pensamentos dos personagens enquanto põe à prova a resistência da alma humana. Sem medir detalhes, a obra vai descrevendo os sofrimentos físicos e mentais enfrentados pelos presos desafortunados. No entanto, seus personagens nunca perdem, realmente, a fé na bondade humanidade.

Como um trabalho assombroso e notável, cheio de admiração e resignação, A Casa dos Mortos ou Memória da Casa dos Mortos (ou ainda Recordações da Casa dos Mortos) está entre as maiores obras-primas do romancista russo. A respeito desse poderoso romance autobiográfico, Tolstói escreveu: “Não conheço melhor livro em toda a literatura moderna”.

Comprar livro:

Comprar o livro

5 – O Jogador (The Gambler)

O jogador - Dostoiévski obras

O Jogador ou Um Jogador é um romance curto e atraente, embora bastante sombrio. A obra gira em torno de  Alexei Ivánovitch, o próprio narrador. Ele é um jovem tutor que trabalha na casa de um arrogante general russo.

Alexei tenta romper a barreira da ordem estabelecida na Rússia, mas, em vez disso, fica atolado na interminável espiral descendente de apostas e perdas. Seu vício intenso e inescapável é acentuado por seu caso com a cruel, e ainda assim sedutora, Polina sobrinha do General.

É um dos livros de Dostoiévski mais enigmáticos de todos os tempos.

Comprar livro ou Ler de Graça com Kindle Unlimited:

Comprar o livro

4 – Os Demônios (Demons)

Os Demônios - melhores livros de Dostoiévski

Publicado em 1872, Os Demônios é uma daquelas obras de Dostoiévski que nos fazem pensar bastante. Qual delas não faz!?

Inspirado na história verídica de um assassinato político que horrorizou os russos em 1869, o autor concebeu Demônios como um “novo panfleto” no qual ele dizia tudo sobre a praga da ideologia materialista que via infectando sua terra natal. O que emergiu foi uma obra prima profética e ferozmente engraçada de ideologia e assassinato na Rússia pré-revolucionária.

Mais especificamente, a narrativa é baseada no assassinato de um estudante chamado Ivan Ivanov. O crime foi supostamente cometido pelos membros de um círculo revolucionário. É uma reflexão sobre o crescimento de movimentos radicais entre os intelectuais e sobre os primeiros sinais de terrorismo.

Comprar livro:

Comprar o livro

3 – O Idiota (The Idiot)

O idiota é um dos livros de Dostoiévski

Se você algum dia sentiu que não há bondade suficiente no mundo, deveria passar algum tempo lendo O Idiota. O Príncipe Míchkin é um homem extremamente bondoso e gentil, mas acabara de voltar para a Rússia de um sanatório na Suécia por conta de sua epilepsia. Ao retornar, vê-se em uma trama amorosa dividida entre duas pessoas, a notória Nastácia e a doce e pura Aglaia, ambas envolvidas com o corrupto e ganancioso Ganya.

No fim, a honestidade, bondade e integridade de Míchkin são completamente destoantes do vazio moral das pessoas ao seu redor.

Esse é somente um dos livros de Dostoievski capazes de te deixar de queixo caído com as atitudes da humanidade.

Comprar livro:

Comprar o livro

2 – Crime e Castigo (Crime and Punishment)

livros de Dostoiévski - Crime e Castigo

Considerado um dos melhores livros de Dostoiévski, Crime e Castigo tornou-se um clássico ao longo do tempo. Ninguém conhece o autor verdadeiramente antes de ler essa obra. Nas escolas da Rússia é encorajado para as crianças.

Essa é a história de um homem pobre que comete um crime para sobreviver, mas é acometido por um mal muito maior que a pobreza: a culpa.

Raskolnikov é um estudante empobrecido que vive em São Petersburgo na época dos czares. Quando ele comete um ato de assassinato, coloca em movimento uma narrativa que é, por apresentar um suspense agonizante, uma atmosfera vívida e uma caracterização profunda dos personagens única; incomparável na literatura mundial.

Crime e Castigo consegue ser tão bom que pode passar por intermináveis releituras sem perder sua  intensidade. É um drama sobre pecado, culpa e redenção capaz de transformar a história do assassinato de uma  mulher no romance filosófico mais profundo e convincente do século XIX.

Comprar livro:

Comprar o livro

1 – Os Irmãos Karamázov (The Brothers Karamazov)

melhores obras de Destoiévski - Os irmãos Karamázov

Um dos melhores meios de conhecer os livros de Dostoiévski é lendo Os Irmãos Karamázov. É o seu trabalho final, foi escrito dois meses antes de sua morte. A obra tem um enredo complexo, envolvendo questões de extrema delicadeza, como liberdade, religião e ética. Como alguns pensadores mais modernos lembram, é uma reflexão de diversos estágios da vida do autor, representados por cada um dos três irmãos.

Os Irmãos Karamázov é um romance filosófico e apaixonante ambientado no século XIX, na Rússia, que entra profundamente em debates sobre Deus, livre arbítrio e moralidade. É um drama espiritual de lutas morais relativas à fé, dúvida e razão, contra a modernização da Russia.

De uma maneira menos abstrata, a história versa sobre um assassinato que se entrelaça com questões amorosas e problemas sociais.

Comprar livro:

Comprar o livro

Conclusão

Então, essa foi uma humilde lista com algumas dicas de contos e livros de Dostoiévski para quem gosta de verdadeiras reflexões sobre o mundo e a sociedade em que vivemos. Apesar de ele ter escrito essas obras já há algum tempo, a maioria continua ainda muito atual. São clássicas, afinal de contas.

Se você gostou desta seleção, não se esqueça de compartilhar com seus amigos nas redes sociais, curtir nossa página do Facebook e nos seguir no Instagram. Aproveite para deixar um comentário aí embaixo também se tiver alguma outra sugestão de livro ou conto do autor que chamou sua atenção.

8 Comentários para “13 Livros de Dostoiévski para Refletir sobre a Humanidade”

  1. Dostoiévski e seus livros… são uma ótima maneira de conhecermos como era a Rússia no século xix. As descrições e a forma com que ele constrói personagens tão elaboradamente simples é impressionante. Confesso que não é sempre que encontro outras pessoas que gostem desse tipo de literatura.

    1. Ele não é muito famoso no Brasil infelizmente. Mas ainda temos pessoas que sabem aproveitar uma boa escrita.

      1. Ele é sim meu caro amigo, tanto é que seus livros são bestsellers aqui. Se você procurar por literatura russa, a primeira coisa que encontrará são os livros de Dostoiévski. Crime e Castigo, os irmãos Karamazov, etc. são obras eternizadas no universo dos livros. Ele pode até fazer mais sucesso lá fora mas não se pode negar seu sucesso no Brasil.
        Sinto falta é de um roteiro pra ler. Fica muito mais interessante se você começa com os primeiros títulos da carreira de um autor e vai seguindo em sequência. Dá para ver a evolução nitidamente.

  2. Noites brancas marcou muito quando li. O bom de Dostoiévski é q seus livros conseguem tocar fundo na gente é cada historia mais emocionante que a outra.

    1. Apesar de ter um clima bem interessante, não gostei muito de noites brancas porque fiquei entediada no final. Demorei quase 1 semana pra ler, leitura muito pesada

      1. Adoro ler Dostoiévski, que assim como Tolstói (reparei que também tem no site rs rs rs) é um dos grandes escritores de romances da Rússia.

        1. Olá, é verdade Rita. Os dois foram e continuam sendo grandes ícones da literatura russa. São livros que desafiam o desgaste do tempo e inserem questões ainda atuais.
          Obrigado pelo apoio!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.