Resumo do Livro Viagem ao centro da Terra de Júlio Verne

Viagem ao centro da Terra é um romance escrito por Jules Gabriel Verne, mais conhecido no Brasil por Júlio Verne. Foi publicado em 1864 na França com o nome de Voyage au centre de la Terre. Para quem quer ficar por dentro de tudo que acontece na obra, leia esse resumo do livro Viagem ao centro da Terra, não irão se arrepender.

Neste livro, Verne demonstra sua capacidade de compreender a ciência de seus dias e de, até mesmo, prever descobertas que ainda demorariam muito tempo para acontecer. Embora nem sempre tudo o que escrevia era carregado dessa certeza de realização, pela frequência com a qual acertava suas previsões, podemos perceber que estava muito à frente de seu tempo. A leitura de suas obras é indicada não só aos amantes de livros de ficção científica como também aos da própria ciência.

Diversas adaptações cinematográficas já foram feitas do livro, dentre as quais, um filme de 2008 em 3D de mesmo nome. Até mesmo vídeo games já foram criados sobre esse universo.

Ver também:

Resumo do livro Viagem ao centro da Terra

Resumo do livro Viagem ao centro da Terra - Capa

Axel Lidenbrock, narrador da história, vive em Hamburgo, na Alemanha, com seu tio, Otto Lidenbrock, um entusiasta e brilhante professor de geologia. A narrativa começa em 24 de maio de 1863 quando Axel consulta um recém-adquirido manuscrito do século XII, contendo uma nota entre suas páginas de um alquimista do séc. XVI, chamado Arne Saknussemm.

Axel fica muito intrigado, mas ao mesmo tempo muito eufórico, pensando que o alquimista estava tentando, de alguma forma, compartilhar suas descobertas científicas. Então, o rapaz começa a pensar em um jeito de decodificar a mensagem. Seu tio já estava nessa missão há algum tempo sem obter sucesso.

A maneira que Axel encontrou para entender a nota foi traduzindo-a do latim e lendo-a de trás para frente. Lá dizia que quem fosse capaz de escalar a cratera do vulcão Sneffels, na Islândia, chegaria ao centro da Terra. A cratera capaz de revelar a passagem, no entanto, só é revelada pelas sombras do sol do meio dia, durante os últimos dias de junho. Isso dá aos personagens somente um mês para se prepararem.

A Viagem

Como Axel sabia do ânimo de seu tio para essas aventuras, preferia não ter dito nada sobre isso. No momento em que disse, seu tio já começou a arrumar as coisas, dizendo a ele para fazer o mesmo. Mesmo querendo não ir, sua noiva consegue convencê-lo.

Pouco tempo depois, os dois deixam Hamburgo em busca dessa incrível aventura. Ao chegarem na Islândia, contratam um guia chamado Hans, um homem grande de ombros largos. Os três então escalam o vulcão e encontram uma série de túneis em seu interior. Assim, eles conseguem encontrar o caminho para as profundezas da Terra.

Enquanto desciam, depararam-se com um cruzamento. Axel, em um primeiro momento, escolhe a direção errada, que os força a voltar e refazer o percurso pelo caminho certo. Com todo esse precioso tempo gasto, seus suprimentos de água começaram a ficar escassos. Isso deixou os aventureiros preocupados e ansiosos.

O guia deixa seus companheiros para procurar água. Após encontrar uma fonte, ele rapidamente chama os outros para lá. Hans faz um pequeno furo na parede de terra e rochas até a água começar a fluir. Seguindo adiante pelo pequeno riacho, eles encontram uma caverna tão grande que era impossível enxergar onde terminava.

Um tempo depois, Axel se perde do resto do grupo, ficando desesperado por pensar que poderia nunca mais ver ninguém e ser deixado para morrer na caverna escura. Felizmente para ele, conhecia alguns truques sonoros, os quais permitiram a ele se comunicar com o guia e seu tio.

Imagens exuberantes de uma Terra Pré-Histórica

Viagem ao centro da Terra - Resumo - Cogumelos gigantes

A jornada aos poucos trouxe uma visão de um grande oceano subterrâneo. Nesse ponto, eles já estavam vendo cogumelos enormes, Identificados como champignons gigantes, algumas formas diferentes de fungos e umas plantas bem bizarras. Depois, eles ainda viram cristais fluorescente e câmaras de gás natural.

Os exploradores sabiam que precisavam atravessar esse oceano se quisessem conhecer o centro da Terra. O que eles não sabiam é que essa não seria uma tarefa muito fácil. Durante sua travessia pelas águas sacolejantes, veem uma batalha de gigantes pré-históricos. Um ictiossauro e um plesiossauro se atacavam violentamente. Confira mais livros de dinossauros aqui.

A Tempestade

A viagem continua e o clima se transforma, de uma hora para outra, em uma grande tempestade. Relâmpagos despencam como se unissem o céu às águas. As ondas ficam mais intensas. Um raio atinge a pequena jangada na qual os aventureiros se encontravam, mas, de algum modo, conseguem sobreviver.

O mar leva-os para a costa, mas as coisas não parecem boas. A bússola aponta que eles voltaram para o lugar de onde haviam saído. Otto se enfurece a princípio, mas bate a roupa e resolve seguir em frente. Axel queria ir embora. Ele não sabe se fica bravo ou admirado com a persistência de seu tio.

Fósseis Antigos

Viagem ao centro da Terra - Resumo - Fósseis

Por Édouard Riou

Antes de irem embora, os aventureiros exploram mais um pouco essa outra parte da costa e encontram diversos fósseis de espécimes quase tão antigas quanto a própria concepção de vida. Até mesmo corpos humanos inteiramente preservados jaziam ali. Ao entrarem em uma floresta de incrível folhagem do Período Terciário, deparam-se com mastodontes e uma figura humanoide de 3,5 metros de altura. Nem é preciso dizer que eles saíram bem depressa dali.

O grupo acha também uma faca enferrujada e marcas em uma rocha. Saknussemm esteve ali e fora capaz de encontrar o caminho para o centro da terra. Os viajantes decidem então seguir por esse caminho, mas deparam-se com uma enorme rocha que o bloqueava. Axel parece estar mais excitado com a ideia de atravessá-la, já que sugere o uso de pólvora para explodir a pedra. Executaram o movimento e foram para a jangada esperar pela explosão.

Após o estrondo, as águas começam a ficar agitadas. A ruptura da rocha fez com que o mar começasse a empurrá-los para dentro do túnel. As ondas jogavam o grupo de um lado para outro dentro do túnel e um bolsão de magma incandescente se abre abaixo deles até que perceberam que estavam sendo levados para cima. Essa pressão de água quente começa a levá-los ainda mais rápido montanha acima. Otto percebe que é isso que precisavam para chegar à superfície.

Volta para Casa

Em um breve, porém turbulento, período de tempo, foram expelidos de um vulcão no meio do Mediterrâneo. Felizmente, todos sobreviveram e, ainda melhor, foram parar em um ambiente verde e exuberante. Alguns pescadores, que pensavam estar diante de sobreviventes de um naufrágio, os encontram e os levam para casa.

Apesar de Otto não alcançar realmente o centro da Terra, a comunidade científica o abraça como um grande explorador. Axel reconhece que seu tio não era louco, mas sim um homem relativamente racional que estava certo o tempo todo. E retorna para os braços amorosos de sua noiva pronto para o casamento. O guia, Hans, retorna para sua terra natal procurando viver uma vida tranquila.

Uma pequena resenha do livro Viagem ao centro da Terra

Uma das coisas mais interessantes nesse livro é a mistura de personalidades que ele traz. Otto é um homem sempre ansioso para enfrentar desafios, superar obstáculos e viver a vida intensamente. Enquanto isso, Axel é um rapaz pessimista, sem muita coragem para o desconhecido e que calcula cada movimento antes de executá-lo.

O guia não liga para nada disso, o que ele realmente quer é o pagamento ao final da viagem. Mas sua força e experiência são decisivas para o sucesso da equipe. Ao final da jornada, podemos perceber como Axel cresce e amadurece. Sem dúvidas foi o personagem que mais evoluiu durante história.

Alguns temas interessantes explorados por Júlio Verne em Viagem ao centro da Terra são a fé e a dúvida. Esse confronto fica evidente ao longo de todo o desenrolar da trama com as atitudes de Axel e Otto. O desejo de conhecer e descobrir cada vez mais do homem e sua arrogância em pensar dominar a situação quando, na verdade, é dominado por ela.

Outros Livros de Júlio Verne

  • Volta ao Mundo em 80 dias.
  • Vinte mil léguas submarinas.
  • A Ilha Misteriosa.
  • Da Terra à Lua.
  • Cinco semanas em um balão.
  • Os filhos do Capitão Grant.
  • Um Herói de quinze anos.
  • Dois anos de férias.

O que você achou desse resumo do livro Viagem ao centro da Terra? Tem alguma pergunta ou sugestão sobre algo que não foi dito aqui? Comente aí embaixo que irei ter o prazer de respondê-las!

14 Comentários para “Resumo do Livro Viagem ao centro da Terra de Júlio Verne”

  1. Gostei muito da sua análise do livro.
    Realmente, as personalidades são extremamente diferentes e dá para perceber o quanto o Axel cresce ao longo da história. Acho que é por isso que ele é meu personagem preferido da história.
    Qual livro do Júlio Verne você recomenda para quem leu Viagem?

    1. Fico feliz que tenha gostado e seja muito bem-vinda.
      Olha, para mim, “Vinte mil léguas submarinas” ou “A Volta ao mundo em 80 dias” são ótimos títulos para quem quer conhecer um pouco mais da escrita de Verne depois de ter se aventurado com “Viagem ao centro da Terra”, mas a maioria dos livros dele são nesse estilo aí mesmo. Então, se vc gostou desse, há grande chances de gostar dos outros também. Um outro livro com essa mesma pegada, mas que não é do Verne, é “As Viagens de Gulliver”. Se tiver dicas, compartilhe conosco também. Abraços!

      1. Muito obrigada! Voltarei sempre! =D
        Valeu as dicas! Vou ler A Volta ao Mundo em 80 Dias e depois te conto o que achei.
        Ah, nesse pegada, sem ser Julio Verne, eu gostei muito de “O Mundo Perdido”, do Conan Doyle.
        Até mais!

  2. A data mostrada no início da análise do livro, está 1963 mas na verdade, a data real que está no livro é 1863.
    Gostei muito da análise mas acho que você poderia corrigir esse pequeno erro.

    Obrigado 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.